A importância da formação profissional no contexto da Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho

A formação, no contexto da Segurança e Saúde do Trabalho, deve ser assumida por qualquer organização como um dos princípios gerais de prevenção, uma vez que é um instrumento fundamental para o seu bom desenvolvimento.
Nesta área tem vindo a notar-se, cada vez mais, o envolvimento e compromisso quer do Estado na promoção da formação de técnicos de segurança e saúde do trabalho, quer dos parceiros empregadores que apostam na formação de todos os trabalhadores, com um maior ênfase na formação específica dos técnicos que desempenham atividades de maior risco, como é o caso de trabalhos em altura ou trabalhos na proximidade de tensão.

Nas organizações, o sistema de gestão da segurança envolve vários intervenientes, cada um deles com responsabilidades individuais, desde os trabalhadores de diversos níveis até aos próprios empregadores. Cada um, assume determinada responsabilidade, visível nas suas ações ao nível da sua atividade profissional, que pressupõe a aquisição de competências adequadas no domínio da Segurança e Saúde do Trabalho.

O futuro da formação na área da segurança e suas tendências

O ritmo frenético e “ultra competitivo” das sociedades e das organizações é marcado por mudanças constantes e céleres. A formação, na génese de muitas destas alterações, tem obrigatoriamente que acompanhar este mundo em transformação e evolução permanente.
Assim, a tendência é que cada vez mais as organizações tenham consciência da importância de investir nessa área. A preocupação com acidentes de trabalho e doenças ocupacionais elevam a cada dia a procura por mais conhecimento e qualificações na área da segurança e saúde do trabalho.
Ao aumentarmos a formação em Segurança do Trabalho, incrementamos a motivação dos trabalhadores e a sua produtividade, e consequentemente a rentabilidade das organizações.

A qualidade dos recursos humanos constitui, para as organizações, um fator crítico de sucesso, neste contexto, é necessário formular estratégias de formação profissional que estejam integradas e subordinadas à estratégia global da organização.
O conceito de formação ao longo da vida (formação, qualificação e a requalificação profissional), é imprescindível para qualquer ativo empregado, qualquer que seja a sua área de atuação e, independentemente do regime de contrato de trabalho.

O grupo IEP tem acompanhado estas tendências e tem demonstrado ser um parceiro importante do tecido empresarial em vários sectores de atividade, fornecendo serviços integrados, que incluem ações de formação em diversas áreas, com particular enfoque na formação de curta duração na área da segurança nas mais diversas temáticas, nomeadamente: Segurança de Trabalhos em Altura Segurança de Trabalhos na Proximidade de Tensão, Segurança, Segurança em trabalhos em vias rodoviárias, a ISO 45001:2018 Sistemas de Gestão e Saúde no Trabalho, Primeiros Socorros, entre outras.

O grupo IEP, para além de ser uma entidade certificada no âmbito da ISO 9001:2018 e da OHSAS 18001:2007/NP 4397:2008 está também reconhecido, desde 1997, como entidade certificada para a prestação de serviços de formação, concedido por uma entidade isenta (DGERT- Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho). Desse reconhecimento, decorrem um conjunto de responsabilidades e obrigações para com os formandos, formadores, coordenadores de formação, clientes e outros agentes envolvidos.

Apoios de financiamento à formação profissional

O estado português como incentivo à formação profissional, apresentou a medida Cheque-Formação, como um instrumento potenciador da criação e da manutenção do emprego e do reforço da qualificação e empregabilidade.

Esta medida foi criada pela Portaria n.º 229/2015, de 3 de agosto, e constitui uma modalidade de financiamento direto da formação a atribuir aos utentes inscritos na rede de Centros de emprego e de Centros de emprego e formação profissional do Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP, I.P.), nomeadamente empregadores, ativos empregados e desempregados.

Para obter financiamento para frequentar uma ação de formação, poderá aceder ao portal iefponline.iefp.pt, sendo necessário o registo prévio do candidato no Portal.

O formulário de candidatura encontra-se disponível no referido Portal, na página Apoios e Incentivos ou na área pessoal do candidato (Candidaturas a programas/Medidas, Medida Cheque-Formação).

Para mais informações, poderá consultar o link: https://www.iefp.pt/cheque-formacao.

Para informações adicionais sobre a área da formação IEP , por favor, consultar www.formacao.iep.pt, ou contactar info@iep.pt ou 22 9570000.

Scroll to Top