INDÚSTRIA AUTOMÓVEL

Oferecemos um conjunto de serviços de inspeção e ensaios, bem como consultoria e formação, dirigidos especificamente à indústria da mobilidade, visando garantir a qualidade e aumentar a segurança e a eficiência tanto de instalações e equipamentos como de veículos.

Ensaios laboratoriais, desenvolvimento de protótipos, ensaios não destrutivos ou calibração dos equipamentos de medição são alguns dos serviços que oferecemos.

Para além disso, o IEP é a única entidade reconhecida em Portugal (e uma das poucas em toda a Europa) a efetuar a certificação dos sistemas eCall que permitem a assistência a viaturas em situações de emergência.

Serviços Disponibilizados

O IEP está reconhecido pela Direcção-Geral de Energia e Geologia como Entidade Inspetora de Instalações Elétricas (EIIEL), Entidade Inspetora de Instalações de Elevação (EIIE), Entidade Inspetora de Instalações de Gás (EIIG), sendo que todas estas áreas estão também acreditadas pelo IPAC .

Inspeções
+

Consultoria e
Auditoria
+

Ensaios
Laboratoriais
+

Calibração
+

Melhorar o desempenho energético de infraestruturas e equipamentos bem como ajudar os nossos clientes a encontrar as soluções de energia que melhor servem as suas necessidades.

Energia e
Infraestruturas
+

Ensaios Não
Destrutivos (END)
+

Atividades

Instalações Elétricas

+

EQUIPAMENTOS SOB PRESSÃO (ESP) E RECIPIENTES SOB PRESSÃO SIMPLES (RSPS)

+

INSTALAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÕES

+

INSTALAÇÕES DE COMBUSTÍVEIS

+

Instalações de Gás

+

ELEVADORES, ESCADAS MECÂNICAS, TAPETES ROLANTES E MONTA-CARGAS

+

Na área das instalações elétricas, o IEP desenvolve um conjunto alargado de atividades, que passa, entre outras, pela realização de inspeções a instalações elétricas, auditorias aos sistemas de autoconsumo (verificação das condições de execução e instalação dos sistemas fotovoltaicos), auditorias aos sistemas de contagem (validação da parametrização dos contadores e da operacionalidade das comunicações), medição de resistências de terra, gradientes de potencial, continuidades e resistividade do solo, assim como emissão de pareceres técnicos no domínio da eletricidade, onde se incluem as análises de projetos de instalações elétricas.

Na área regulamentar, em concreto no âmbito do regime das instalações elétricas, publicado pelo Decreto-Lei nº 96/2017 de 10 de Agosto, e enquanto Entidade Inspetora de Instalações Elétricas, o IEP efetua as inspeções para entrada em exploração das instalações elétricas Tipo A e Tipo C e ainda, as inspeções periódicas às instalações de carregamento de veículos elétricos.

O IEP concebeu um website específico para as Inspeções Elétricas onde poderá efetuar a submissão dos pedidos de inspeção de forma simples e eficaz com pagamentos automáticos!

 > MEDIÇÃO DA IMPEDÂNCIA DA MALHA DE DEFEITO

 > AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DE CVP (CÂMARAS DE VISITA PERMANENTES)

 > MEDIÇÃO DA RESISTÊNCIA DO ELETRODO DE TERRA DE SERVIÇO

 > QUEDAS DE TENSÃO

 >  INSPEÇÕES INICIAIS

 > VERIFICAÇÕES A CONTADORES DE ENERGIA ELÉTRICA

 > SISTEMAS DE AUTOCONSUMO

 > PERITAGENS

 > INSPEÇÃO DE GRUPOS GERADORES

 > CONTINUIDADE DOS CONDUTORES DE PROTEÇÃO E DAS LIGAÇÕES EQUIPOTENCIAIS

 > ANÁLISE DE PROJETOS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

 >  SUPERVISÃO DE OBRA (CVP, POSTES)

 > AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DE POSTES DE MADEIRA

 > MEDIÇÃO DA RESISTIVIDADE DOS TERRENOS

 > MEDIÇÃO DA RESISTÊNCIA DO ELETRODO DE TERRA DE PROTEÇÃO

 > INSPEÇÕES PERIÓDICAS

 > REDES DE ILUMINAÇÃO

 > SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

 > RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO DA INSTALAÇÃO ELÉTRICA

 > POLARIDADE, TENSÕES E CORRENTES

 > DISPARO DOS DISPOSITIVOS DIFERENCIAIS

 > ANÁLISE DE PROJETOS

O IEP encontra-se acreditado pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) como Organismo de Inspeção de Equipamentos sob Pressão (ESP) e Recipientes sob Pressão Simples (RSPS), para realização das inspeções em serviço no âmbito do Decreto-Lei n.º 131/2019, de 30 de agosto, e respetivas Instruções Técnicas Complementares (ITC).

Equipamentos: 

Recipientes sob pressão de ar comprimido

Geradores de Vapor e equiparados

Reservatórios de gás de petróleo liquefeito (<200 000L)

ESP sem ITC aplicável

RSPS- Recipientes sob pressão de ar comprimido

>     INSPEÇÕES INICIAIS

>     INSPEÇÕES INTERCALARES

>     INSPEÇÕES EXTRAORDINÁRIAS

>     ANÁLISE DA CONFORMIDADE DE PROJETO DE REPARAÇÃO OU DE ALTERAÇÃO

>     REAVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE

>     INSPEÇÕES PERIÓDICAS

>     APROVAÇÃO DE REPARAÇÕES OU DE ALTERAÇÕES

>     ANÁLISE DA CONFORMIDADE DE PROJETO DE INSTALAÇÃO

Realização dos ensaios previstos no Manual ITED em Infraestruturas de Telecomunicações em Edifícios – rede pares de cobre, rede coaxial e rede de fibra ótica.

Realização  dos ensaios previstos Manual ITUR em Infraestruturas de Telecomunicações de Urbanizações.

Elaboração de relatórios de ensaios que suportam a emissão dos relatórios de funcionalidade por parte dos instaladores.

Acompanhamento da execução da obra e emissão de pareceres técnicos em matéria de telecomunicações.

Verificação das condições técnicas da instalação de rede de fibra ótica em postes de BT.

 >  ANÁLISE DE PROJETOS DE INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS (ITED)

 >  ENSAIOS INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS (ITED)

 >  REDES CABO DE FIBRA ÓTICA

 >  REDES DE PARES DE COBRE

 >  ANÁLISE DE PROJETOS DE INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM URBANIZAÇÕES (ITUR)

 >  ENSAIOS INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM URBANIZAÇÕES (ITUR)

 >  REDES COAXIAIS – CATV, MATV E SMATV

 >  PERITAGENS

 

O IEP encontra-se reconhecido pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) e acreditado pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) como Entidade Inspetora de Combustíveis (EIC), no âmbito da Lei nº15/2015, de 16 de Fevereiro.

Realização de inspeções iniciais, periódicas e finais e emissão de pareceres técnicos sobre projetos de instalações de armazenamento de combustíveis líquidos, instalações de armazenamento de gases de petróleo liquefeito (GPL), instalações de armazenamento de outros produtos derivados do petróleo, instalações de postos de abastecimento de combustíveis líquidos e GPL e parques de armazenamento de garrafas de GPL.

Consulte as nossas Condições de serviço.

 >  ANÁLISE DE PROJETOS

 >  INSPEÇÕES FINAIS

 >  INSPEÇÕES INICIAIS

>  PARECERES TÉCNICOS

 >  INSPEÇÕES PERIÓDICAS

 

O IEP encontra-se reconhecido pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) e acreditado pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) como Entidade Inspetora de Gás (EIG).

Realização de inspeções iniciais, periódicas, extraordinárias e outras às instalações de utilização de gás, no âmbito do regime das instalações de gás, publicado pelo Decreto-Lei nº 97/2017 de 10 de Agosto.

Inspeções iniciais, periódicas e extraordinárias a redes e ramais de gás.

Análise de projetos de instalações de gás.

Consulte as nossas Condições de Serviço.

 >  INSPEÇÕES PERIÓDICAS

 >  ANÁLISE DE PROJETOS

>  INSPEÇÕES EXTRAORDINÁRIAS

 >  INSPEÇÕES INICIAIS

 

Como Organismo Notificado, o IEP avalia a conformidade dos elevadores tendo em vista a sua entrada em exploração no âmbito da Diretiva 2014/33/UE.

Enquanto Entidade Inspetora de Elevadores, o IEP efetua as inspeções periódicas aos elevadores, monta-cargas, tapetes rolantes e escadas mecânicas, conforme previsto no Decreto-Lei nº 320/2002 de 28 de Dezembro.

Inspeções extraordinárias e inquéritos a acidentes em instalações de elevadores.

Eficiência energética de equipamentos de elevação.

 >  INSPEÇÕES INICIAIS

 >  INSPEÇÕES EXTRAORDINÁRIAS E INQUÉRITOS A ACIDENTES EM EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO

>  INSPEÇÕES PERIÓDICAS

 >  EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO

 

Atividades

QUALIDADE

+

AMBIENTE

+

HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO

+

RESPONSABILIDADE SOCIAL

+

ENERGIA

+

Somos uma equipa técnica que dispõe de informação atualizada com conhecimento e experiência sobre as mais recentes metodologias e boas práticas na prestação de serviços de consultoria e auditoria de sistemas de gestão da qualidade.

Enquanto parceiro de negócio das empresas, contribuímos para a melhoria contínua dos seus processos de gestão, permitindo-lhes alcançar elevados padrões de qualidade e competitividade nacional e internacional.

 > CONSULTORIA EM SISTEMAS DE GESTÃO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

 > AUDITORIAS DA QUALIDADE

 > SISTEMAS DE GESTÃO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

 > GESTÃO DO RISCO

 > SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

 > GESTÃO E ENGENHARIA DA QUALIDADE

 > IMPLEMENTAÇÃO DE NOVOS MÉTODOS DE TRABALHO

 > METODOLOGIA 5’S

 > GESTÃO INTEGRADA DE SISTEMAS: QASRS

 > SISTEMAS DE GESTÃO DE SISTEMAS INTEGRADOS

 > QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES

 > DIAGNÓSTICOS INDUSTRIAIS E REORGANIZAÇÃO DE UNIDADES FABRIS

No contexto atual, as questões ambientais assumem uma importância cada vez maior. Tendo como horizonte a construção de um mundo sustentável, o IEP desenvolveu um conjunto de serviços que permitem responder não só aos requisitos legais, mas também proporcionar às empresas patamares mais elevados no respeito e na criação de um ambiente melhor.

Assim, o IEP disponibiliza serviços na área da consultoria ambiental (implementação de sistemas; licenciamento ambiental), economia circular, das caracterizações ambientais (ruído; emissões gasosas; efluentes), da caracterização de equipamentos e produtos (rótulo energético; ROHS), entre outros.

Para o desenvolvimento destes serviços o IEP dispõe de um conjunto de técnicos qualificados, bem como de um conjunto de equipamentos que lhe permitem responder de forma competente às necessidades dos clientes.

Muitos dos serviços oferecidos nesta área são prestados pelos vários laboratórios acreditados que integram este instituto.

 >  AUDITORIAS AMBIENTAIS

 >  GESTÃO AMBIENTAL

 >  INTEGRADA DE AVALIAÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS/RESP. AMBIENTAL

 >  ACOMPANHAMENTO AMBIENTAL E DE SEGURANÇA EM OBRAS

 >  AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

 >  INTEGRADA DE AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE LEGAL EM AMBIENTE

 >  DIRETIVA ROHS – DL Nº 230/2004

 >  APOIO AO LICENCIAMENTO INDUSTRIAL E AMBIENTAL

Ao longo das últimas décadas temos participado em grandes projetos de segurança realizados no setor empresarial e também em infraestruturas da rede pública.

Elaboramos planos de emergência e planos de segurança e saúde, procedemos à avaliação de riscos industriais, tecnológicos e profissionais, e recomendamos medidas de autoproteção.

Implementamos sistemas de higiene, segurança e saúde no trabalho e realizamos auditorias internas.

Somos responsáveis também pela organização dos serviços externos de SST de empresas dos mais diversos setores de atividade a nível nacional.

 > AUDITORIAS DE SEGURANÇA

 > INTEGRADA DE AVALIAÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS

 > INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO

 > SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS

 > DIRETIVA SEVESO

 > ELABORAÇÃO DE PLANOS DE SEGURANÇA E SAÚDE (PSS)

 > ACOMPANHAMENTO AMBIENTAL E DE SEGURANÇA EM OBRAS

 > COORDENAÇÃO DE SEGURANÇA EM OBRA

 > INTEGRADA DE AVALIAÇÃO DE CONFORMIDADE COM A DIRETIVA MÁQUINAS

 > INSPEÇÃO VISUAL A EQUIPAMENTOS DE TRABALHO (DL 50/2005)

 > HIGIENE INDUSTRIAL

 > DIRETIVA ATEX

 > ELABORAÇÃO DE PLANOS DE EMERGÊNCIA

 > SISTEMAS DE GESTÃO SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

Nas últimas décadas, assumimos a responsabilidade social como nuclear na estratégia da nossa organização, e estamos empenhados na sua disseminação junto dos nossos parceiros de negócio, contribuindo para promover comportamentos éticos e transparentes.

Alcançar o desenvolvimento sustentável de qualquer organização é uma procura constante em satisfazer as necessidades do presente, mas sem nunca comprometer a capacidade das gerações futuras em satisfazerem as suas próprias necessidades.

Assim, apoiamos as organizações no desenvolvimento e concepção de planos de responsabilidade social e corporativa alinhados e em sintonia com o negócio empresarial, que resultem na maximização do impacto económico e social, nas organizações.

 >  RESPONSABILIDADE SOCIAL

 >  SISTEMAS DE GESTÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 

Uma utilização racional da energia nas atividades humanas reveste-se, cada vez mais, duma relevância extrema, pois esses recursos são finitos, extremamente escassos e com uma distribuição global pouco equitativa. Assim sendo, é muito importante a disponibilização de ferramentas de apoio à decisão que permitam aos mais diversos setores da economia gerir eficazmente os recursos energéticos que aplicam nas suas atividades.

 > AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE PARQUES FOTOVOLTAICOS

 > ANÁLISE DE PROJETOS E ACOMPANHAMENTO DE OBRA DE INSTALAÇÕES DE ENERGIAS RENOVÁVEIS

 > AUDITORIAS ENERGÉTICAS

 > DIAGNÓSTICO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS E INSTALAÇÕES

 > INSPEÇÕES REMOTAS COM RECURSO A DRONE

 > CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA

 > GESTÃO DA ENERGIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

 > SISTEMAS DE GESTÃO DE ENERGIA

Atividades

PRODUTOS ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS

+

COMPATIBILIDADE ELETROMAGNÉTICA

+

CAMPOS ELETROMAGNÉTICOS

+

ACÚSTICA E VIBRAÇÕES

+

CONSTRUÇÃO

+

RADIAÇÃO E RADIOQUÍMICA

+

EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES PARA CONTROLO CLIMÁTICO

+

O intercâmbio cada vez maior de produtos à escala global que caracteriza os mercados dos nossos dias conduziu à necessidade de promover a confiança entre todas as partes envolvidas — fabricantes, consumidores e organismos oficiais – de uma forma tecnicamente credível mas que ao mesmo tempo fosse compatível com o reduzido “time to market” que caracteriza a maioria dos produtos atuais. Isso levou à crescente adoção das normas técnicas na regulamentação da União Europeia e nas legislações nacionais dos seus Estados-Membros, que assim convergiram naquilo que são os requisitos essenciais dos produtos. É neste contexto que surge a exigência de avaliar a conformidade dos produtos elétricos e eletrónicos, com vista à aposição da Marcação CE exigida no mercado europeu, que abrange requisitos de segurança (Diretiva da Baixa Tensão), compatibilidade eletromagnética (Diretiva EMC) e eficiência energética (Diretivas EcoDesign e Etiquetagem Energética), entre outros. Os Laboratórios do IEP disponibilizam aos fabricantes um vasto conjunto de ensaios de produtos elétricos e eletrónicos, tendo por base normas europeias harmonizadas e normas internacionais, para a avaliação da conformidade de tais produtos. Esses laboratórios estão acreditados pelo IPAC – Instituto Português de Acreditação. Graças aos acordos EA e ILAC de que Portugal é signatário, os ensaios efetuados pelo IEP são oficialmente reconhecidos em todo o mundo. Os Laboratórios do IEP estão também reconhecidos a nível europeu pela ETICS – European Testing, Inspection and Certification System (acordos ENEC, KEYMARK e CCA) e a nível internacional pela IECEE – International Electrotechnical Commission System of Conformity Assessment Schemes for Electrotechnical Equipment and Components (acordos CB). Graças a tais acordos, os fabricantes que recorrem ao IEP para a certificação dos seus produtos elétricos e eletrónicos têm acesso direto às marcas de certificação de muitos outros países. Consulte aqui a nossa lista de ensaios sob acreditação flexível intermédia.

 > ENSAIOS CLIMÁTICOS, MECÂNICOS, VIBRAÇÕES

 

A Compatibilidade Eletromagnética (EMC) traduz a capacidade dos equipamentos elétricos e eletrónicos para funcionarem adequadamente e da forma prevista no ambiente eletromagnético a que se destinam, sem produzirem perturbações eletromagnéticas que provoquem interferências nos outros equipamentos que lhes estão próximos.

Na Europa, todos os dispositivos eletrónicos, quer sejam alimentados pela rede elétrica ou por baterias, devem estar em conformidade com a Diretiva 2014/30/UE ‑ Diretiva da Compatibilidade Eletromagnética (EMC) ‑ exceto se possuírem alguma forma de comunicação intencional por radiofrequência, caso em que os aspetos de compatibilidade eletromagnética ficam sob a alçada da Diretiva 2014/53/UE ‑ Diretiva dos Equipamento de Rádio (RED). Estas Diretivas (EMC e RED) visam assegurar que os equipamentos elétricos e eletrónicos possuem níveis de imunidade adequados, ao mesmo tempo que não produzem níveis de perturbações demasiado elevados.

Os laboratórios do IEP têm uma experiência de mais de três décadas na avaliação dos fenómenos EMC em equipamentos elétricos e eletrónicos, apoiando os fabricantes em todas as etapas do ciclo de desenvolvimento dos produtos, desde a sua concepção até à certificação da sua conformidade com as normas e as diretivas aplicáveis.

 >  IMUNIDADE

 >  EMISSÃO

A exposição humana aos campos electromagnéticos é cada vez mais uma preocupação, tanto para as autoridades de saúde como para a população em geral.

A regulamentação em vigor relativa à protecção das pessoas contra os riscos para a segurança e para a saúde a que possam estar sujeitas devido à exposição aos campos electromagnéticos, com particular realce para o âmbito laboral, requer que sejam feitas avaliações deste agente físico.

O laboratório do IEP possui vasta experiência neste tipo de avaliações e encontra-se acreditado pelo IPAC para efectuar ensaios no âmbito da Portaria 1421/2004 e da Directiva 2013/35/UE (transposta em Portugal pela Lei 64/2017)

 > AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO HUMANA A CAMPOS ELETROMAGNÉTICOS

Ambiental (Avaliação do cumprimento do Regulamento Geral do Ruído – Decreto-Lei 9/2007 – para atividades ruidosas permanentes e temporárias, Ensaios de avaliação de incomodidade e de critério de exposição máxima, Elaboração de recolhas de dados acústicos no âmbito da avaliação prévia).

Gestão e controlo do ruído ambiente (Elaboração de mapas de ruído, Elaboração de planos de redução de ruído, Elaboração de planos de pormenor no âmbito de avaliação de impactos ambientais no parâmetro ambiente sonoro, Conceção e design de redes de monitorização de ruído à medida do cliente, Consultoria ambiental no âmbito do ambiente sonoro).

Construção (Avaliação da conformidade das construções e elementos de construção no âmbito do Decreto-Lei 96/2008, Ensaios de isolamento sonoro a sons aéreos e de percussão, Ensaios de isolamento de fachadas, Ensaios de tempos de reverberação, Ensaios de equipamentos coletivos de edifícios), Conceção dos produtos (Avaliação da potência sonora de produtos).

Laboral (Avaliação da exposição humana a ruído e vibrações no posto de trabalho – Decreto-lei 182/2006 e Decreto-lei 42/2006, Elaboração de mapas de ruído no interior das instalações industriais, Elaboração de planos de controlo de ruído e vibrações no posto de trabalho).

 > RUÍDO AMBIENTE – CRITÉRIO DE INCOMODIDADE

 > RUÍDO AMBIENTE – NÍVEL SONORO CONTÍNUO EQUIVALENTE

 > EXPOSIÇÃO DE TRABALHADORES ÀS VIBRAÇÕES

 > INTENSIDADE SONORA

 > ELABORAÇÃO DE PLANOS DE CONTROLO DE RUÍDO

 > RUÍDO AMBIENTE – CRITÉRIO DE EXPOSIÇÃO MÁXIMA

 > RUÍDO E VIBRAÇÕES EM MEIOS DE TRANSPORTE (NAVIOS, COMBOIOS, OUTROS)

 > ELABORAÇÃO DE MAPAS DE RUÍDO, PLANOS DE REDUÇÃO DE RUÍDO E ESTUDOS DE PORMENOR

 > EXPOSIÇÃO DOS TRABALHADORES AO RUÍDO NO POSTO DE TRABALHO

SEGURANÇA

Diretiva da baixa tensão, aptidão ao uso, consumo energético, funcionamento, climáticos e robustez mecânica, fogo, nevoeiro salino, graus de proteção – IP e IK.

 >  NEVOEIRO SALINO

RADIAÇÕES ÓTICAS

Avaliação da exposição humana a radiações óticas artificiais (não coerentes) no posto de trabalho.

 > FONTES DE RADIAÇÃO ÓTICA ARTIFICIAL – EXPOSIÇÃO A RADIAÇÕES ÓTICAS NÃO-COERENTES

CALIBRAÇÕES DE TEMPERATURA E HUMIDADE

São efetuados ensaios para caraterização dos perfis térmicos (estabilidade e gradiente) em diversos equipamentos, tais como estufas, banhos termorregulados, fornos, muflas, câmaras frigoríficas.

Muitos destes trabalhos podem ser efetuados nas instalações dos clientes (“in situ”), assegurando-se assim um tempo de imobilização mínimo dos equipamentos dos clientes, com as consequentes vantagens em termos de custos associados à paragem desses equipamentos.

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – ESTUFAS

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – CÂMARAS CLIMÁTICAS

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – MUFLAS

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – BANHOS

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – FORNOS

 > ESTUDO DA UNIFORMIDADE E ESTABILIDADE EM TEMPERATURA – ESTUFAS

Atividades

ELETRICIDADE

+

TEMPERATURA E HUMIDADE

+

ÓTICA

+

TEMPO E FREQUÊNCIA

+

MASSA E INSTRUMENTOS DE PESAGEM

+

PRESSÃO

+

GESTÃO DE PLANOS DE CALIBRAÇÃO

+

CALIBRAÇÕES ELÉTRICAS E FREQUÊNCIA

Neste âmbito, o IEP está acreditado para realizar a calibração de equipamentos nas seguintes grandezas:
Eletricidade e Tempo/Frequência (Tensão DC, Tensão AC, Resistência, Corrente DC, Corrente AC, Frequência/Tempo, Fase/ângulo elétrico, Potência DC, Potência ativa AC, Capacidade, Indutância, Distorção Harmónica) RF e Microondas (Potência RF, Modulação AM, Modulação FM).

 > CONDUTIVÍMETROS

 > PONTES DE IMPEDÂNCIA

 > ANALISADORES DE ENERGIA

 > POSTOS DE ENSAIOS ELÉTRICOS

 > ANALISADORES DE COMUNICAÇÕES

 >  ANALISADORES DE ESPECTROS

 > CALIBRADORES DE TERMOPARES

 > FONTES DE ALIMENTAÇÃO

 >  PINÇAS AMPERIMÉTRICASS

 > MILIOHMIMETROS

 > CAIXAS DE RESISTÊNCIAS

 > OHMÍMETROS

> VOLTÍMETROS

> BAIXA FREQUÊNCIA

> OUTRO

 > MEDIDORES LCR

 > ANALISADORES DE POTÊNCIA / HARMÓNICOS

 > VERIFICADORES DE INSTALAÇÕES

 > CALIBRADORES MULTIFUNÇÕES

 >  GERADORES DE SINAL

 >  CALIBRADORES DE PROCESSO

 >  SIMULADORES DE TEMPERATURA

 >  OSCILOSCÓPIOS

 >  MULTÍMETROS

 > MEGAOHMÍMETROS

 >  TELURÍMETROS

 >  AMPERÍMETROS

> ALTA FREQUÊNCIA

> CORRENTE CONTÍNUA

CALIBRAÇÕES DE TEMPERATURA E HUMIDADE

No domínio da temperatura, o IEP está acreditado para calibrar termómetros de líquido em vidro e termómetros digitais (unidades eletrónicas de leitura, associadas a sensores do tipo termopar, Pt100,etc.).

São efetuados igualmente ensaios para caracterização dos perfis térmicos (estabilidade e gradiente) em diversos equipamentos, tais como estufas, banhos termorregulados, fornos, muflas, câmaras frigoríficas.

Muitos destes trabalhos podem ser efetuados nas instalações dos clientes (“in situ”), assegurando-se assim um tempo de imobilização mínimo dos equipamentos dos clientes, com as consequentes vantagens em termos de custos associados à paragem desses equipamentos.

 > MAPEAMENTO HIGROTÉRMICO

> HIGRÓMETROS

> CÂMARAS TERMOGRÁFICAS

> TERMÓMETROS DIGITAIS

> SENSORES DE TEMPERATURA (PT-100, TERMOPARES, OUTROS)

> CALIBRAÇÕES EM LABORATÓRIO E “IN SITU”

 > HIGRÓGRAFOS

> TERMO-HIGRÓMETROS E TERMO-HIGRÓGRAFOS

> REGISTADORES DE TEMPERATURA E DATA LOGGERS

> TERMÓMETROS DE VIDRO

> CALIBRADORES DE BLOCO SECO

> OUTROS

CALIBRAÇÕES OPTOELETRÓNICAS

No domínio da Optoeletrónica, o IEP procede à calibração de equipamentos tais como Medidores de Potência Ótica, OTDR, Analisadores de Espetros Óticos, Padrões e Artefactos Óticos, Lasers e outras Fontes Óticas, atenuadores óticos.

> LASERS (E OUTRAS FONTES ÓTICAS)

> MEDIDORES DE POTÊNCIA ÓTICA (OPM)

> OUTROS

 > ANALISADORES DE PMD

> REFLETÓMETROS ÓTICOS NO DOMÍNIO DO TEMPO (OTDR)

> ANALISADORES DE ESPETROS ÓTICOS (OSA)

CALIBRAÇÕES ELÉTRICAS E FREQUÊNCIA

Neste âmbito, o IEP está acreditado para realizar a calibração de equipamentos nas seguintes grandezas: Eletricidade e Tempo/Frequência (Tensão DC, Tensão AC, Resistência, Corrente DC, Corrente AC, Frequência/Tempo, Fase/ângulo elétrico, Potência DC, Potência ativa AC, Capacidade, Indutância, Distorção Harmónica).

RF e Microondas (Potência RF, Modulação AM, Modulação FM).

 > TAQUÍMETROS

> CRONÓMETROS

> GERADORES

> OUTROS

 > CONTADORES DE INTERVALO DE TEMPO

> ANALISADORES DE SINAL

> FREQUENCÍMETROS

Massa (Instrumentos de Pesagem, balanças)

 > BALANÇAS

No domínio da Pressão, o laboratório do IEP está acreditado para efetuar a calibração de instrumentos de medição tais como manómetros e sensores de pressão, tanto em pressão absoluta como em pressão relativa.

> MANÓMETROS

 > MANOVACUÓMETROS

Para além de efetuar a calibração de equipamentos, o IEP disponibiliza também outros serviços complementares, tais como a gestão de planos de calibração (planeamento das calibrações do parque de equipamentos da empresa, serviço de “recall” para alertar a aproximação das datas de calibração, etc.).

Atividades

INSPEÇÕES REMOTAS COM DRONE

+

O IEP disponibiliza um serviço de inspeção remota através de um UAV (Unmanned Aerial Vehicle). Oferece-se um serviço de inspeção visual e termográfica, com identificação por georreferenciação, com registo fotográfico e/ou vídeo e posterior análise de eventuais anomalias encontradas. Este serviço, apresenta-se como uma enorme vantagem uma vez que poderá realizar inspeções a locais de difícil acesso, ou locais com de grande dimensão.

Inspeção termográfica em parques fotovoltaicos
Inspeção visual em aerogeradores

 > PARQUES EÓLICOS

> TORRES DE TELECOMUNICAÇÕES

 > PARQUES FOTOVOLTAICOS

> CHAMINÉS, PORTOS, PONTES E VIADUTOS

Atividades

LÍQUIDOS PENETRANTES

+

PARTÍCULAS MAGNÉTICAS

+

RADIOGRAFIA

+

RADIOGRAFIA DIGITAL

+

UT (ULTRASSONS)

+

UT (ULTRASSONS) – MEDIÇÃO DE ESPESSURAS

+

INSPEÇÃO VISUAL

+

CORRENTES INDUZIDAS (EDDY CURRENTS, OU CORRENTES DE FOUCAULT)

+

PHASED ARRAY (PAUT)

+

RPA (REFLETOMETRIA DE PULSO ACÚSTICO)

+

LEAK TEST (CONTROLO DE ESTANQUIDADE)

+

Ensaio que permite a deteção de descontinuidades superficiais em materiais não porosos.

Utilizando sistemas visíveis ou fluorescentes removíveis por água ou solvente, realizamos ensaios de acordo com as normas europeias, internacionais e procedimentos específicos dos clientes nas diferentes áreas de fabricação metálica – soldadura, fundição e forjados entre outros.

 > SOLDADURAS EM MATÉRIAS METÁLICOS

> MATERIAIS METÁLICOS

 > PEÇAS EM MATERIAL METÁLICO FORJADO

Ensaio que permite a deteção de descontinuidades superficiais em materiais ferromagnéticos. Com recurso às diferentes técnicas de magnetização – Yoke, Íman permanente, Bobine e Corrente direta – e de acordo com as normas reconhecidas, realizamos os ensaios tanto nas nossas instalações como nas instalações do cliente.

 > MATERIAIS METÁLICOS FERROMAGNÉTICOS

> SOLDADURAS EM MATERIAIS METÁLICOS FERROMAGNÉTICOS

 > PEÇAS DE MATERIAL METÁLICO FERROMAGNÉTICO FORJADO

RADIOGRAFIA INDUSTRIAL

Fornecemos uma grande variedade de serviços radiográficos para as mais diversas aplicações e industrias.

Radiação Gama (fonte de Irídio e fonte de Selênio) e equipamentos de Rx (até 300 kV) são utilizados para soldadura (tubagem ou equipamentos sob pressão), fundidos ou forjados.

 > SOLDADURAS EM MATERIAIS METÁLICOS

> MATERIAIS METÁLICOS

 > PEÇAS EM MATERIAL METÁLICO FUNDIDO

Radiografia digital é uma forma de aquisição de imagem por Raios-X, onde sensores digitais são utilizados em lugar da tradicional película radiográfica. Algumas das suas vantagens principais incluem:
– Exposições reduzidas;
– Perímetro de segurança menor;
– Eliminação do uso de películas e químicos associados com a revelação.

 > SOLDADURAS EM MATERIAIS METÁLICOS

 > MATERIAIS METÁLICOS

Os serviços de ensaio por ultrassons vão desde simples medições de espessuras a inspeções de larga escala a soldaduras ou componentes vazados e forjados. Algumas indústrias onde estes ensaios são aplicáveis e nas quais os nossos técnicos possuem experiência: Automóvel, Ferroviária, Naval, Aeroespacial, Nuclear, Óleo e Gás, Petroquímica, Termoelétrica.

 > SOLDADURAS EM MATERIAIS METÁLICOS

> PEÇAS EM MATERIAL METÁLICO FORJADO 

> LAMINADOS/CHAPAS DE AÇO

 > PEÇAS EM MATERIAL METÁLICO FUNDIDO

> MATERIAIS METÁLICOS

Os serviços de ensaio por ultrassons vão desde simples medições de espessuras a inspeções de larga escala a soldaduras ou componentes vazados e forjados. Algumas indústrias onde estes ensaios são aplicáveis e nas quais os nossos técnicos possuem experiência: Automóvel, Ferroviária, Naval, Aeroespacial, Nuclear, Óleo e Gás, Petroquímica, Termoelétrica.

 > MATERIAIS NÃO METÁLICOS

> MATERIAIS METÁLICOS

A inspeção visual é o método predominante de examinação não destrutiva para garantir que o processo de soldadura é realizado corretamente e concordante com as normas aplicáveis. Procuramos sempre introduzir inovações no mercado END e dispomos de um sistema portátil de medição tridimensional a laser para a inspeção visual a soldaduras, simplificando o processo da inspeção e garantindo as boas práticas do ensaio.

As correntes induzidas são uma técnica de inspeção em material condutivo para a deteção de fissuras superficiais, pitting, perda de espessura e outras descontinuidades. Algumas das suas vantagens principais incluem:
– Capacidade de inspecionar locais de difícil acesso;
– Vasta gama de aplicações como inspeção a feixes tubulares de permutadores de calor para as indústrias de energia fóssil e petroquímica.

A técnica de Phased Array é uma técnica avançada de inspeção por ultrassons que permite a visualização de defeitos internos. A Phased Array produz imagens precisas e fiáveis de forma rápida e eficiente. É uma técnica vista como uma alternativa viável à radiografia.

RPA, ou Refletometria de Pulso Acústico é uma tecnologia baseada na emissão de um pulso acústico e receção da onda acústica refletida. O RPA é utilizado para a deteção precisa de bloqueios (parcial ou total), corrosão, erosão, perfurações e pitings.

O controlo de estanquidade pode ser feito recorrendo a diferentes técnicas. A norma europeia EN 1779:1999 define 17 técnicas, que podem ser agrupadas em cinco categorias. Dependendo da técnica escolhida, a sensibilidade do ensaio pode variar. A norma supracitada define igualmente os limites normalmente obtidos no decurso de ensaios industriais.

PRECISA DE AJUDA?

Se precisa de mais informações sobre os nossos serviços, entre em contacto connosco e coloque as suas dúvidas.

    NEWSLETTER

    Subscreva a e-news iep


    Scroll to Top